13/03 - 11/04​
ONLINE E GRATUITA

09/04 | sexta-feira | 17h30

Intervenção Artística

Performance Artística
O Que Você Vê? - Moira Braga - Brasil

🇧🇷 Sinopse: Uma pergunta, uma provocação, um convite. Nesta performance, Moira Braga explora dramaturgias do gesto, o mover sonoro e palavras que constroem movimento. A artista propõe uma reflexão sobre o sentido da visão e convida o espectador a vivenciar uma experiência estética menos comprometida com a visualidade.

É atriz, bailarina contemporânea, performer, consultora de audiodescrição em conteúdos artísticos, professora do curso técnico de ballet contemporâneo na escola e faculdade Angel Viana e mestranda em dança na Universidade Federal da Bahia.  Possui dois trabalhos autorais: o livro, audiolivro e espetáculo Ventaneira, A cidade das Flautas e A performance “O Que Você Vê?”. É bailarina da Pulsar CIA de dança desde 2013, atuou como bailarina intérprete dos espetáculos “Indefinidamente Indivisível”, “Por Trás da Cor dos Olhos” e bailarina intérprete criadora de “Nas Vizinhanças de Renata”. No teatro é preparadora corporal de elenco, já fez assistência de dramaturgia e assistência de direção. Em 2016, estreou como atriz fazendo o seu primeiro espetáculo adulto “Volúpia da Cegueira”, com direção de Alexandre Lino. Desde 2019 é preparadora corporal do coral Sidney Marzullo, composto por 24 cantores, todos com deficiência visual. No  audiovisual atuou No curta Cicatriz, de Jessica Barbosa e no longa  Prazer Casa 08  de Ekatala Keller . Em 2020 participou do projeto Identidades realizado pela Palavra Z produções, convidando artistas com deficiência para falar de seus trabalhos através de lives no Instagram. fez a direção de movimento do musical “ o Pescador e a estrela”, com direção geral de Karen Aciole; colaborou no processo criativo da performance “Ovolar” de Violeta Vilas Boas, contemplada pelo edital Funarte. Apresentou a performance “O Que Você Vê?” na versão on-line no Festival Corpos Plurais, além de participar de vários eventos nas plataformas digitais como artista e debatedora dos temas arte e acessibilidade.

🇺🇸 ENGLISH

Artistic Intervention
Artistic Performance
What do you see? – Moira Braga – Brazil

Date: 09/04/21 – Friday
Time: 5:30 pm

Synopsis: A question, a provocation, an invitation. In this performance, Moira Braga explores dramaturgies of gesture, sound movement and words that build movement. The artist proposes a reflection on the sense of vision and invites the viewer to live an aesthetic experience less compromised with visuality.

She is an actress, contemporary dancer, performer, audio description consultant in artistic content, teacher of the technical course of contemporary dance at the school and college Angel Viana and master’s student in dance at the Federal University of Bahia. She has two authorial works: the book, audiobook and show Ventaneira, A Cidade das Flautas and a performance “O Que Você Vê?”. She has been a dancer at the Pulsar CIA dance club since 2013, and has acted as a dancer interpreting the shows “Indefinitely Indivisible”, “Por Trás da Cor dos Olhos” and dancer interpreter creator of “Nas Vizinhanças de Renata”. In the theater, she is a bodily trainer for the cast, she has already assisted with dramaturgy and directing. In 2016, she debuted as an actress doing her first adult show “Volúpia da Cegueira”, directed by Alexandre Lino. Since 2019 she has been a body trainer for the choir Sidney Marzullo, composed of 24 singers, all with visual impairments. In the audiovisual, she acted in the short film Cicatriz, by Jessica Barbosa and in the feature Prazer Casa 08 by Ekatala Keller. In 2020 she participated in the project Identidades realized by Palavra Z productions, inviting artists with disabilities to talk about their work through lives on Instagram. she directed the movement for the musical “O Pescador e a Estrela” (The Fisherman and the Star), with the general direction of Karen Aciole; she collaborated in the creative process of the performance “Ovolar” by Violeta Vilas Boas, contemplated by the Funarte open call. She performed the performance “What Do You See?” in the online version at Festival Corpos Plurais, in addition to participating in various events on digital platforms as an artist and debater of the themes of art and accessibility.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin