13/03 - 11/04​
ONLINE E GRATUITA

20/03 | SÁBADO | 19H

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA
ESPETÁCULO MUSICAL
SHOW NELSON D – BRASIL

🇧🇷 Sinopse: A pesquisa musical do Nelson D mergulha nas fontes da eletrônica e cultura indígena, misturando sonoridades orgânicas e tradicionais com processos tecnológicos. Um caminho sonoro íntimo onde oficialmente o artista se confronta não apenas como produtor musical, mas também em veste de Performer, num rito futurista por ecos ancestrais em busca de memórias originárias, um convite profanador que se torna ‘sagrado’ e um corpo que não se define, nem limita, mas transborda rupturas na reexistência fora do tempo cronológico, abandona rótulos, etiquetas, revelando liquidez de identidades na pós-modernidade e contrastes culturais.

Nelson D: Em 1986, um bebê indígena foi encontrado em uma rua na cidade de Manaus no estado do Amazonas. Ele viveu em um orfanato por oito meses, até um casal de italianos levá-lo para um lar confortável e chamá-lo de filho. Batizado de Davide De Merra, o manauara tornou-se cidadão italiano, cresceu em Savona e cursou Artes Plásticas em Milão, mas escolheu São Paulo para difundir seu trabalho de músico e produtor musical. Chamado de Davide a vida toda, o italiano-brasileiro viu que o trabalho como músico merecia um nome artístico mais atrativo, voltando às origens como Nelson D, uma referência ao seu nome na época do orfanato. Como um estrangeiro em sua própria terra, em uma veste psíquica alienígena indígena, sua música é uma invocação de retorno ao seu ‘corpo território ancestral’, um chamado para seu povo cujo nome foi apagado.

🇺🇸 ENGLISH

Artistic Intervention
Musical Show
Show Nelson D – Brazil

Date: 03/20/21 – Saturday
Time: 7pm

Synopsis: Nelson D’s musical research dives into the sources of electronics and indigenous culture, mixing organic and traditional sounds with technological processes. An intimate sound path where the artist officially confronts himself not only as a music producer, but also in a Performer’s dress, in a futuristic rite for ancestral echoes in search of original memories, a profane invitation that becomes ‘sacred’ and a body that does not define itself, or limits itself, but it overflows ruptures in the re-existence outside chronological time, it abandons labels, tags, revealing liquidity of identities in postmodernity and cultural contrasts.

Nelson D: In 1986, an indigenous baby was found on a street in the city of Manaus in the state of Amazonas. He lived in an orphanage for eight months, until an Italian couple took him to a comfortable home and called him son. Baptized as Davide De Merra, the manauara became an Italian citizen, grew up in Savona and studied Fine Arts in Milan, but chose São Paulo to spread his work as a musician and music producer. Called Davide his whole life, the Italian-Brazilian saw that his work as a musician deserved a more attractive artistic name, going back to his origins as Nelson D, a reference to his name during the time at the orphanage. Like a foreigner in his own land, in an indigenous alien psychic robe, his music is an invocation of a return to his ‘ancestral territory body’, a call to his people whose name has been erased.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin